keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Bombeiro ajuda a salvar recém-nascido engasgado pelo telefone

O bombeiro orientou a família por telefone sobre o procedimento necessário para salvar a criança

X
Unsplash

Um recém-nascido de 28 dias foi salvo por bombeiros do Samu na manhã desta sexta-feira (20), na cidade de Pomerode. O Jornal de Pomerode repercutiu o caso. Segundo informou, o bombeiro orientou a família por telefone sobre o procedimento necessário para salvar a criança.

A mãe informou para a reportagem que encontrou o filho roxo no quarto depois da criança ter vomitado. A família ligou para os bombeiros e foi atendida por Márcio Schbert, que orientou sobre as manobras para desafogar o bebê. O bombeiro ainda solicitou ajuda do Samu e, enquanto a ambulância não chegou no local, ele ficou na linha orientando a família.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Motorista de 37 anos morre após bater veículo em caminhão na BR-280

Vítima ficou presa nas ferragens e morreu no local

Geral

Covid-19: Começa a valer neste sábado toque de recolher em Santa Catarina

Atendendo definições previamente estabelecidas em conjunto com prefeitos, demais Poderes e autoridades de Saúde, o Governo de Santa Catarina publica na edição desta sexta-feira, 4, do Diário Oficial do Estado (DOE), o decreto com novas […]

Geral

Área de serviço de madeira fica destruída pelas chamas em São João Batista

Um incêndio destruiu uma área de serviço de madeira durante a noite de sexta-feira (04), na rua Canudos, bairro Tijipió, em São João Batista.  O local fica afastado da residência. Segundo os bombeiros, o espaço […]

Geral

Justiça decidirá se PM com restrição psiquiátrica poderá participar de aulas de tiro

A desembargadora Denise de Souza Luiz Francoski, em decisão monocrática terminativa, declinou competência às Turmas Recursais para analisar pedido de efeito suspensivo em sentença que autorizou aluno do curso de sargento da Polícia Militar a […]

Geral

Pai que abusava da filha enquanto mãe trabalhava é condenado a 35 anos de prisão em SC

Os abusos ocorreram ao longo de dois anos, dentro da casa da família,

Mais notícias