keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Bolsonaro estuda a criação de novo ministério para alocar Pazuello

A criação do ministério, porém, enfrenta resistências de outros auxiliares de Bolsonaro

Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Braisl

Segundo noticiado pela CNN, o presidente Jair Bolsonaro está estudando a criação de um novo ministério no governo federal para abrigar o general Eduardo Pazuello, que deixará o comando do Ministério da Saúde nos próximos dias.

A ideia seria criar o Ministério Extraordinário da Amazônia e indicar Pazuello como o titular da pasta. A criação da pasta manteria Pazuello no governo e o foro pivilegiado do militar no Supremo Tribunal Federal, onde responde inquérito sobre sua atuação na pandemia.

A criação do ministério, porém, enfrenta resistências de outros auxiliares de Bolsonaro. A avaliação é de que criar uma nova pasta neste momento passaria um sinal ruim ao eleitorado.

Além do novo ministério, o presidente avalia outros dois cargos para manter Pazuello no governo: o de assessor especial da Presidência ou o de secretário de Assuntos Estratégicos do Planalto.

Fonte: CNN Brasil

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Política

Datafolha: Lula tem 48% no primeiro turno, contra 27% de Bolsonaro

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 25 e 26 de maio em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Política

Lei deve multar homens que praticarem violência doméstica em Itapema

A lei visa diminuir os números de agressões em Itapema, garantir proteção às vítimas e punir os autores dos ataques

Política

João Doria desiste da pré-candidatura à Presidência; ‘Com coração ferido e alma leve’

Tucano enfrentava resistências no PSDB e de partidos da terceira via

Mais notícias

Brasil

Ministro Fábio Faria compara pesquisa do Datafolha a duendes e Papai Noel

Em agosto de 2020, no entanto, Faria comemorou um levantamento do Datafolha que mostrava que Bolsonaro havia atingido sua melhor avaliação desde o início do mandato

Segurança

Homem que matou mulher e filho envenenados em Itapema é condenado a 53 anos de prisão

O julgamento ocorreu no Tribunal do Júri da Comarca de Itapema