keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Bolsonaro diz que país deve crescer mais de 4% em 2021

Presidente esteve com integrantes das Forças Armadas no Amazonas

X

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (27), durante almoço com integrantes das Forças Armadas em São Gabriel da Cachoeira (AM), que o Brasil é um dos mais ricos do mundo e que o Produto Interno Buto (PIB), que é a soma das riquezas produzidas no país, deve crescer de mais de 4% nesse ano. “Acredito no país. Acredito sim que podemos fazer diferença, como já estamos fazendo. A previsão neste ano é crescermos mais de 4%. Ninguém poderia esperar isso da gente”, destacou. 

A fala de Bolsonaro foi transmitida por meio das redes sociais do presidente. Ainda nesta quinta-feira ele deverá participar da inauguração da ponte Rodrigo e Cibele na região.

Bolsonaro reiterou que as riquezas que existem na Amazônia despertam a cobiça de muitos. “Interesses, há muitos, todos sabem, sobre essa região. O inimigo tem paciência, tem estratégia e tem objetivo. E ele só será vitorioso se nós esmorecermos”, comentou.

Segundo Bolsonaro, em dois anos e quatro meses, não há “nenhuma comprovação ou ato de corrupção” contra seu governo graças à escolha que fez para seus 22 ministérios. “Devo isso em grande parte às pessoas que me cercam em Brasília. Proporcionalmente temos mais ministros militares do que até mesmo naquele período de 1964 a 1985, quando tivemos cinco presidentes militares.” 

O presidente lembrou que, para a formação de sua equipe ministerial, convidou apenas pessoas que se identificavam com ele. “Na política, estamos polarizados, mas cada um pode fazer a seu juízo quem é o melhor e quem é o menos ruim. Mas eu duvido que, no fundo, quem porventura fizer uma análise do que aconteceu no Brasil nos últimos 20 anos, eu duvido que essa pessoa erre no ano que vem”, acrescentou.

“Queremos progresso e acima de tudo liberdade, e a gente sabe que esse último desejo passa por vocês”, disse Bolsonaro referindo-se aos militares que participaram do almoço. “Vocês é que decidem, em qualquer país do mundo, como aquele povo vai viver. Ninguém está aqui para fazer discurso político, mas somos seres políticos. Se Deus deu essa missão para nós, vamos aproveitá-la no bom sentido”, completou.

“Tenho conversado muito com Braga Netto, nosso ministro da Defesa. Mais do que obrigação e dever, tenho certeza de que vocês agirão dentro das quatro linhas da Constituição, se necessário for. Ninguém pode acusar o atual presidente da República de ser uma pessoa que não seja democrática; que não respeita as leis; e que não age a contento da Constituição. Se bem que outros jogam pedras [estando] de fora dela [da Constituição]”, disse o presidente ao afirmar que, em breve, o país voltará a sua normalidade.

“Vocês, militares, são respeitados e têm uma importância enorme no destino do Brasil. Essa área aqui mesmo [São Gabriel da Cachoeira]. Nós só podemos dizer que ainda é nossa, dada a presença de vocês. É um enorme sacrifício viver longe do conforto dos grandes centros. Mas todo mundo tem como dar um pouco de si para o seu país”, completou o presidente.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Novo Auxílio Brasil terá reajuste de 20% em relação ao Bolsa Família

Informação é do ministro da Cidadania, João Roma

Economia

Mercadão dos Óculos inaugura unidades em Tijucas e Florianópolis

O Mercadão dos Óculos, uma das 50 maiores franquias do Brasil, amplia sua presença em todas as regiões do país

Economia

Refis tem desconto de até 90% em Itapema

021. O programa é destinado para pessoa física ou jurídica, relativo aos débitos gerados até 31 de dezembro de 2020. O desconto nos valores é de 90% dos juros e multas para pagamento em parcela única, 70% para pagamentos em até 12 vezes e de 50% para pagamento em até 24 parcelas

Economia

Santa Catarina bate recorde nas exportações de carne suína em setembro

O faturamento com as exportações de carne suína em setembro chegou a US$ 136,3 milhões, com uma alta de 40,3% em relação ao mesmo período do ano passado

Economia

Governador Carlos Moisés determina estudo para viabilizar redução dos preços dos combustíveis

O governador Carlos Moisés da Silva determinou à Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) a realização de um estudo sobre a possibilidade de retirar os combustíveis do sistema de Substituição Tributária (ST). No modelo atual, […]

Mais notícias

Cidades

Pesquisa avalia hipótese de que sombra de prédios em BC traz mais conforto do que desconforto

O objetivo é apurar o modo como as pessoas reagem às condições microclimáticas

Brasil

Polícia prende Galã da Internet que aplicou golpe de R$ 320 mil em mulheres idosas

Ele entrava em contato pelas redes sociais, iniciava um romance e depois fugia com o dinheiro das vitimas