keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Bar é condenado por dano moral ao debochar de cliente que reclamou de troco errado

Uma consumidora de Blumenau será indenizada por dano moral após sofrer constrangimentos impingidos por estabelecimento comercial da qual era cliente assídua. O ambiente do confronto se deu através das redes sociais. Foi lá que, inicialmente, […]

X
Foto: Agência Brasil

Uma consumidora de Blumenau será indenizada por dano moral após sofrer constrangimentos impingidos por estabelecimento comercial da qual era cliente assídua. O ambiente do confronto se deu através das redes sociais. Foi lá que, inicialmente, a mulher reclamou de costumeiramente receber o troco errado, sempre a menor, em suas compras. A situação, acrescentou, lhe trazia incômodo pela sensação de desrespeito na condição de consumidora.

No contra-ataque, conforme os autos, o bar teria respondido ao desabafo da cliente de forma agressiva e debochada, com publicações em suas contas que expunham a mulher ao ridículo. Entre elas, o lançamento de uma pretensa promoção de cerveja ao preço de R$ 0,10 – montante equivalente ao troco reclamado pela consumidora em suas transações com o estabelecimento. O bar contestou a ação e requereu a condenação da cliente ao pagamento de indenização por danos morais, pela publicação de conteúdo difamatório nas redes sociais.

“Percebe-se pelas mensagens postadas, que o `desabafo’ da parte autora teve grande repercussão, sobretudo pelo fato de a ré ter usado da (sua) indignação (…) para fazer marketing, ou seja, a maneira que a ré conduziu a resolução do problema agravou o desconforto sofrido no estabelecimento. Ademais, a ré utilizou em suas publicações um tom agressivo e posteriormente debochado, a fim de denegrir a imagem da autora”, anotou o juiz Luciano Fernandes da Silva, em sentença proferida por meio do Programa APOIA, da Corregedoria-Geral de Justiça, cuja tramitação ocorreu na 3ª Vara Cível da comarca de Blumenau.

O bar foi condenado ao pagamento de R$ 2 mil, a título de dano moral, valor corrigido monetariamente e acrescido de juros de mora à razão de 1% ao mês, desde o dia do evento danoso, ocorrido em 16 de junho de 2011.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Pandemia pode provocar falta de cervejas nos supermercados de SC

Falta de produtos como alumínio, papelão, garrafas e rótulos plásticos também pode agravar cenário

Geral

Mulher morre em Balneário Camboriú após acidente com patinete elétrico

Mulher caiu e bateu cabeça na calçada após colidir em caminhão

Geral

Previsão indica temporais com raio e ventos de até 60 km/h em Santa Catarina

Santa Catarina terá temporais com raio e granizo em diversas regiões do Estado a partir da tarde desta quinta-feira (26). A Defesa Civil emitiu alerta para a aproximação de uma frente fria vinda do Rio […]

Geral

Autópsia diz que Maradona sofreu infarto dormindo

O jornal argentino La Nacion revelou o resultado da segunda autópsia preliminar feita em Diego Armando Maradona. Segundo o documento, o ídolo do argentino morreu devido a uma “insuficiência cardíaca aguda, congestiva e crônica, o […]

Geral

Receita Federal realiza operação e apreende motos aquáticas em Itapema

Helicóptero da Receita Federal está sobrevoando a cidade

Mais notícias