keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Balneário Camboriú terá o metro quadrado mais caro do país, afirma especialista

Segundo o CEO da Sort Investimentos, Renato Monteiro, após a conclusão da obra de alargamento da faixa de areia, o metro quadrado frente mar pode passar de R$ 40 mi

X

Balneário Camboriú, SC, deve assumir o posto de metro quadrado mais caro do Brasil. Com o investimento de R$ 66,8 milhões do governo municipal para alargar a faixa de areia, após a conclusão da obra, o metro quadrado frente mar poderá passar de R$ 40 mil, desbancando zonas nobres do Rio de Janeiro, RJ, que estão no topo do ranking brasileiro de acordo com a FipeZap. A estimativa de preço foi realizada pelo especialista em investimentos imobiliários e CEO da Sort Investimentos Renato Monteiro com base em pesquisas de preço e uso de inteligência artificial que mapeia imóveis anunciados na internet.

“Atualmente o metro quadrado de Balneário Camboriú para imóveis em lançamento frente mar é de R$33.500,00, conforme média de anúncios na internet. É o segundo mais caro do país perdendo apenas para o Rio de Janeiro, que já chegou a custar R$ 35.660,00 em Ipanema”, explica Monteiro.

A estimativa de Monteiro corrobora com o estudo feito pela consultoria Appraisal Institute, maior associação profissional de avaliadores imobiliários dos Estados Unidos, divulgado pela NSC, que avalia praias que tiveram a faixa de areia alargada. De acordo com a pesquisa, as praias norte-americanas que fizeram essa intervenção na faixa de areia registraram valorização de até 2,6% para cada 10% de espaço que foi acrescentado.

Dessa forma, as obras em Balneário Camboriú, onde a faixa da areia vai passar de 25 para 70 metros, representando um aumento de 80% em termos de extensão, resultariam em um acréscimo de 20,6% no valor dos imóveis frente mar.

“A parte que mais tende a se beneficiar é a Barra Sul, que atualmente é considerada a região mais nobre da cidade e com o metro quadrado mais caro, onde grandes construtoras disputam espaço. Trata-se de um lugar que terá mais de mil apartamentos de alto padrão sendo construídos nos próximos cinco anos”, destaca Monteiro.

De acordo com o índice da Fipezap, que avalia o mercado imobiliário brasileiro e leva em consideração uma média do valor dos imóveis de toda a cidade, Balneário Camboriú ocupa o quarto lugar, com o metro quadrado avaliado em R$ 7.837, atrás apenas de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Entre as doze cidades com metro quadrado mais caro, estão também outras três do litoral catarinense: Itajaí, Itapema e Florianópolis.
SOBRE A SORT INVESTIMENTOS

Desde 2018, a Sort Investimentos atua no mercado imobiliário, na seleção e gestão de imóveis com foco no investidor dos diferentes perfis. Em um curto período de atividades, conta com mais de R$ 3 bilhões em ativos sob assessoria e é uma das maiores lojas virtuais de imóveis em Santa Catarina. Oferece serviços completos no processo de compra, locação, administração e venda de imóveis e terrenos residenciais, comerciais e industriais, além de consultoria e suporte jurídico. É comandada por Renato Monteiro, que carrega 10 anos de experiência no mercado imobiliário logístico e de luxo internacional.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Santa Catarina estima colher 60 mil toneladas de maracujá

O Estado tem aproximadamente 2 mil hectares de pomar da fruta, a maioria concentrada no Sul.

Economia

Arábia suspende compra de carne de ave de 11 frigoríficos do Brasil

Ainda segundo a nota, “apenas o Brasil foi objeto de atualização de lista de exportadores de carne de aves”.

Economia

Pesquisa mostra que 52% dos idosos sustentam a casa no Brasil

Apesar de estarem cada vez mais inseridos no mercado de trabalho, 40% dos idosos que exercem atividade profissional relataram dificuldade para conseguir uma oportunidade de trabalho, sendo o preconceito com a idade o principal motivo identificado

Economia

Saiba se você tem direito ao “Auxílio Catarina”, o auxílio emergencial criado para os catarinenses

Mais de 43 mil famílias catarinenses de baixa renda têm a possibilidade de receber o benefício

Economia

Intenção de investir na indústria de SC cresceu 35% em abril

O número representa uma alta de 35,1% em relação aos 53,2 pontos registrados em março

Mais notícias

Coronavírus

Pela segunda semana seguida, apenas uma região do estado está em nível grave

Não houve alterações de classificação em relação à matriz divulgada no último final de semana

Segurança

Autor de chacina em Saudades recebe alta da UTI

Informação foi confirmada pela assessoria do Hospital Regional de Chapecó