keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Balneário Camboriú fará Mutirão contra o Aedes aegypti no próximo sábado

No primeiro semestre deste ano, Balneário Camboriú conseguiu reduzir os focos positivos do Aedes aegypti. Até o final de junho foram localizados 866 focos, enquanto no mesmo período do ano passado quando foram encontrados 1.192 […]

No primeiro semestre deste ano, Balneário Camboriú conseguiu reduzir os focos positivos do Aedes aegypti. Até o final de junho foram localizados 866 focos, enquanto no mesmo período do ano passado quando foram encontrados 1.192 focos. Para conscientizar a população e reduzir ainda mais esses índices, a Secretaria de Saúde realiza neste sábado (11), um “Mutirão contra o Aedes aegypti”. A ação será no Bairro das Nações, das 8h às 12h.

Haverá blitz nos semáforos das Avenidas Martin Luther e Palestina, visita domiciliar dos agentes do Programa de Combate ao Aedes aegypti e mutirão para recolhimento de material que acumula água, virando criadouro do mosquito.

“Iremos recolher somente material que acumula água, como latas de tinta, lonas, baldes, pneus. Os agentes irão visitar as casas para verificar se há foco positivo do mosquito e orientar a população. Além disso, quem passar pelas avenidas Martin Luther e Palestina receberá material educativo, pois essa é uma ação que tem que envolver toda a cidade”, explicou o coordenador do programa de Combate ao Aedes aegypti, Rafael Neis da Silva.

Além da Secretaria de Saúde o Mutirão irá reunir equipes das Secretarias de Obras e Segurança por meio da Guarda Municipal, Agentes de Trânsito e Defesa Civil.

AÇÕES DO PROGRAMA

De janeiro a junho foram feitas 49.956 ações dentre tratamento, visitas em armadilhas, visitas em pontos estratégicos, verificação de denúncias e bloqueios.

Dentre os trabalhos feitos no semestre estão 42.478 visitas de tratamento, 3.069 visitas em armadilhas, 798 visitas em pontos estratégicos, 3.281 visitas para verificação de denúncias, 330 visitas de bloqueio de transmissão nos locais onde foram registrados casos suspeitos das doenças (dengue, chikungunya, zika ou febre amarela). Dentro destes trabalhos foram feitas 33.573 inspeções em depósitos, 4.062 amostras coletadas, emitidas 162 intimações, 64 infrações e uma interdição.

Casos de dengue registrados em Balneário Camboriú em 2018:

-Positivo residente importado: 1
-Positivos autóctones: 4
-Positivos residentes Local Provável de Infecção (LPI) indeterminado: 6

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica

Cidades

Ciclone: Itapema suspende aulas, atendimento em Posto de Saúde, Mirante e Sine

Até o momento algumas ruas registram alagamentos, queda de barreiras e árvores

Cidades

Alunos da APAE de Balneário Camboriú recebem oficinas de artes visuais

As atividades de formação contribuem para o desenvolvimento dos alunos artistas que vão produzir as ilustrações da segunda edição do livro Histórias Especiais

Cidades

Itajaí inicia obras de R$17 milhões que deve pavimentar 40 ruas da cidade

A grande operação vai contemplar com melhorias ruas de diversos bairros da cidade

Cidades

Observadores de aves se reuniram em Itapema neste final de semana

Os observadores participaram de saídas de campo para a prática no Sertão do Trombudo e Praia Grossa no sábado (06/08) e aves marinhas no domingo (07/08)

Mais notícias

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica