keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Balneário Camboriú aprovou 290 mil metros quadrados de novas obras em 2017

X

Em 2017, a Prefeitura de Balneário Camboriú aprovou 287.115 m² de projetos arquitetônicos. Destes, pouco mais de 13 mil m² foram aprovados pelo Novo Modelo de Licenciamento, lançado em outubro, que padronizou e desburocratizou o licenciamento da construção civil.

Até o dia 28 de dezembro foram protocolados na Secretaria de Planejamento, 62 projetos no Novo Modelo de Licenciamento. Destes, 18 aguardam a primeira análise (o mais antigo aguarda há 9 dias) e 44 já foram analisados (sendo cinco aprovados e 39 com pendências). A partir deste ano, somente projetos do novo modelo serão recebidos.

Com relação ao total de projetos aprovados, houve uma redução de 9% da área total aprovada em 2017 em comparação ao ano anterior. “Acreditamos que essa redução teve relação com a retração da economia brasileira. O mês com o maior número de área aprovado foi novembro, que totalizou 51.249 m²”, contou o arquiteto, Rafael Escobar de Oliveira.

Dentre os pareceres, foram emitidos 766 de análise e reanálise; 146 de aprovação de projetos arquitetônicos, unificação de áreas ou desmembramentos; e 209 de análise ou aprovação de vigilância sanitária ou hidrossanitários.

Cidades

Vokkan Urbanismo promove neste sábado em Porto Belo venda de lotes residenciais do VivaPark

Dia D para comercialização dos lotes residenciais será das 8h às 18h

Cidades

Homem morre atropelado por carreta em Camboriú

A vítima, identificada como Natanael Sestrem, morava no bairro Espinheiros em Itajaí

Cidades

Mulher fica ferida após capotar carro na BR-101 em Itapema

Segundo a Arteris, pouco após o acidente, a rodovia já registrava um quilômetro de congestionamento sentido Sul

Cidades

Morador de Itapema que estava desaparecido volta para casa

No início desta semana, a mulher de Saul fez um apelo ao Visor Notícias para encontrar o marido

Cidades

Menino fica com cabeça presa em cerca e é salvo pelos Bombeiros em SC

Os bombeiros utilizaram uma ferramenta hidráulica de expansão para afastar as peças.

Mais notícias