keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Avião que transportava vacinas bate contra jumento na Bahia

A aeronave transportava quatro caixas com vacinas, por sorte os imunizante não forma danificados

X
Gazeta 5/Divulgação

Um avião se chocou contra um jumento que estava na pista do aeródromo do município de Ibotirama, na Bahia, na manhã desta quarta-feira (03). A aeronave pertence a Casa Militar do Governador da Bahia e fazia o transporte de doses da vacina contra a Covid-19.

A aeronave transportava quatro caixas com vacinas, por sorte os imunizante não forma danificados. Segundo informações da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), não houve problemas com o imunizante nem com o piloto.

A aeronave teve danos pequenos e outro avião foi deslocado para dar a sequência ao transporte das vacinas.

A Sesab informou que o acidente não comprometeu a distribuição do imunizante. No entanto, por causa da logística, haverá atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama.

Fonte: Visor Notícias

Brasil

Justiça nega habeas corpus à mãe e ao padastro do menino Henry Borel

Desembargador entendeu que prisão temporária deve ser mantida

Brasil

VÍDEO: Gaúchos constroem estátua do Cristo Redentor maior que a do Rio de Janeiro

Monumento terá um total de 43 metros de altura, somando a estátua com 37 metros e o pedestal de 6 metros

Brasil

Grupo do Fort Atacadista deve investir R$ 500 milhões em plano de expansão em 2021

Cerca de 70% do faturamento da companhia vem da operação de atacarejo; com o plano de expansão, ganhos devem aumentar 14% em relação ao último ano

Brasil

Veja se você foi aprovado no novo auxílio emergencial

Site da Dataprev informará se trabalhador tem direito ao benefício

Mais notícias

Segurança

Filho é preso por simular o próprio sequestro para tirar dinheiro dos pais

Homem havia desaparecido após sair do trabalho na sexta-feira (09) e passou a pedir dinheiro para o pai pelo telefone

Brasil

Justiça nega habeas corpus à mãe e ao padastro do menino Henry Borel

Desembargador entendeu que prisão temporária deve ser mantida