keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Atendimentos em ortopedia são normalizados no Hospital Ruth Cardoso

O serviço havia sido suspenso na última terça-feira (29), devido ao fracasso no processo licitatório de implantes ortopédicos, pois a empresa vencedora não apresentou a documentação exigida no edital

A direção do Hospital Municipal Ruth Cardoso comunica que foram normalizados, nesta sexta-feira (01), os atendimentos cirúrgicos em ortopedia. O serviço havia sido suspenso na última terça-feira (29), devido ao fracasso no processo licitatório de implantes ortopédicos, pois a empresa vencedora não apresentou a documentação exigida no edital. Mesmo com o serviço suspenso, nenhum paciente precisou ser transferido para outro hospital neste período.

De acordo com o diretor do Hospital, Rodrigo Massaroli, este é um dos problemas que poderá ser solucionado por meio de parceria público-privada, porque além do processo de compra de materiais e serviços ser mais ágil, significará uma redução no custo final. “Hoje, o processo para compra de insumos, por exemplo, exige licitação e todos os trâmites burocráticos. Quando uma empresa terceirizada assume a gestão, a resolução do problema é mais ágil e quem ganha é a população, principalmente por se tratar de saúde”, explica o diretor do HMRC, Rodrigo Massaroli.

Na última semana, foi aprovado o Projeto de Lei 142/2017 que institui o Programa Municipal de Incentivo às Organizações Sociais. O projeto beneficia a área da saúde e possibilitará a terceirização do Hospital Municipal Ruth Cardoso, Centro de Diagnose, PA da Barra e a UPA do Bairro das Nações, que deverá ser aberta em breve.

“Nosso custo vai diminuir, nossa gestão vai melhorar, vamos ter otimização de recursos e qualidade nos atendimentos. Vamos poder equipar e colocar para funcionar o Pronto Atendimento do Ruth Cardoso, que hoje funciona em um local improvisado e poderá ser transferido para o novo prédio que foi construído”, finalizou o prefeito, Fabrício Oliveira.

Cidades

Frigorífico da Grande Florianópolis aproveitava carnes vencidas em produtos processados e embutidos

A Polícia Civil de Biguaçu, na Grande Florianópolis, abriu inquérito para investigar um frigorífico que utilizava carnes vencidas em alimentos processados. O estabelecimento foi fiscalizado e autuado pela Vigilância Sanitária da cidade em uma ação […]

Cidades

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões da Ponta de Baixo, em São José

Está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área

Cidades

Itajaí é a cidade com os imóveis de maior valorização do Brasil

Variação mensal do preço de venda de imóveis residenciais foi de 1,56% em março

Cidades

Prefeito de Itapoá visita Porto Belo para conhecer Leis e Projetos

O objetivo da visita foi conhecer os projetos futuros e obras custeadas por outorga onerosa, regulamentada em Porto Belo através da Lei Complementar 42/2012

Cidades

Audiência Pública discute LDO e PPA em Porto Belo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, - LDO, estabelece as metas e prioridades da Administração Pública para o exercício financeiro seguinte, orientando a elaboração e execução do Orçamento

Mais notícias

Cultura e Lazer

Itapema 59 anos: As pedras misteriosas do Ilhota

O segundo episódio da série vai mostrar pra você que além de lindo esse cantinho mantém muita cultura

Geral

Ciclone deixa Santa Catarina em estado de alerta para ventos fortes

O fenômeno ocorre pela formação de um ciclone no mar, na altura do Litoral do Sudeste de Brasil