keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Assessoria de bailarina do faustão diz que é ‘inadmissível postura da Guarda Municipal’

A prisão da bailarina do Domingão do Faustão, Natacha Horana, de 28 anos, registrada durante a madrugada de segunda-feira (20), em Balneário Camboriú, ainda repercute nas redes sociais. Vídeos da ação também foram divulgados, um deles mostra ela filmando a ação dos guardas e sendo algemada, e em outro momento é colocada na viatura. A assessoria de Natacha divulgou uma nota sobre o ocorrido. De acordo com o texto, ela alugou um apartamento com dois amigos da cidade, tendo convidado cerca de 10 pessoas para uma social.

“Após receber um chamado, guardas municipais invadiram o apartamento juntamente com fiscais municipais, sem que ninguém da casa permitisse o ingresso dos agentes”, diz a nota. “Inadmissível a postura dos agentes, pois, não havia situação de flagrante delito que justificasse a invasão do apartamento, bem como detiveram Natacha a força sob fundamentos ilegais, além dos guardas usurparem a função da Polícia Militar, estabelecida na Constituição Federal”. Ainda segundo a versão da assessoria, Natacha estava no quarto durante toda a reunião. “A bailarina estava dentro de seu quarto durante todo o período da reunião e por não estar participando, acreditou que não seria necessário abrir a porta do cômodo em que já estava acomodada. Exaltados e sem paciência para explicação, rapidamente os agentes da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, então, arrombaram a porta do cômodo”, afirma o texto. “Deixamos aqui o nosso lamento pela atitude precipitada dos agentes que deveriam causar acalento e acabaram gerando medo invadindo o quarto que uma mulher estava sozinha dentro”, diz a mensagem. A assessoria diz que tomará as medidas cabíveis contra os agentes.

Equipes da Guarda Municipal foram acionadas após denúncia de vizinhos. Os guardas foram acompanhados da Polícia Militar e da fiscalização da prefeitura até o apartamento. Conforme divulgado pela GM, a bailarina desacatou os policiais e por isso foi detida. Na delegacia, ela assinou um termo circunstanciado e foi liberada. A multa para quem organiza festas em Balneário Camboriú enquanto durar o decreto é de R$ 5 mil para o organizador e R$ 5 mil para o dono do imóvel.

Geral

Leilão do Instituto Guga Kuerten segue até o final de setembro

IGK está leiloando camisetas oficiais de times de futebol

Geral

Hospital Marieta se prepara para iniciar tratamentos com radioterapia aos pacientes do SUS

Medida beneficiará os pacientes oncológicos dos 11 municípios que compõem a Amfri

Brasil, Geral

Medidas provisórias liberam R$ 2,5 bilhões para vacinas contra coronavírus

Os R$ 2,5 bilhões serão liberados para o Fundo Nacional de Saúde na forma de créditos extraordinários

Geral

Deputado Kennedy Nunes será relator da denúncia no Tribunal Especial de Julgamento do Governador

Kennedy terá o prazo de 10 dias, contados a partir de segunda-feira (28), para apresentar seu parecer

Geral

Ministro do STF decide que Estado terá que ajudar Hospital Ruth Cardoso com R$ 2 milhões por mês

Estado continua obrigado a prestar suporte mensal de R$ 2 milhões para manutenção dos serviços do hospital

Mais notícias