keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Assessor de Leonardo morre atingido por tiro acidental na fazenda do cantor

Milton Rodrigues era conhecido como Passim e trabalhava na produção artística, especialmente de sertanejos, há mais de 30 anos

X
Arquivo Pessoal

Milton Rodrigues, assessor do cantor Leonardo, foi morto nesta quinta-feira (04) após ser atingido por um tiro na fazenda do cantor na cidade de Jussara (GO). O caso é investigado pela Polícia Civil.

O produtor musical estava em um quarto na fazenda provavelmente manuseando a arma que teria caído e, ao tocar o chão, disparado e atingido a virilha do Milton, que não resistiu aos ferimentos.

Milton Rodrigues era conhecido como Passim e trabalhava na produção artística, especialmente de sertanejos, há mais de 30 anos. Ele era, além de parceiro cultural, amigo pessoal de Leonardo, como dá para perceber nas redes sociais de Passim.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Filho é preso por simular o próprio sequestro para tirar dinheiro dos pais

Homem havia desaparecido após sair do trabalho na sexta-feira (09) e passou a pedir dinheiro para o pai pelo telefone

Segurança

Homem é preso por estuprar enteada deficiente por três anos em SC

Os fatos só chegaram ao conhecimento da mãe, pois sua sobrinha que também foi vítima de filmagens realizadas pelo suspeito, relatou os acontecimentos.

Segurança

Policiais militares começam a receber vacinação em SC

Serão vacinados os policiais das cidades com maior gravidade de contaminação. “Até poder contemplar a toda a corporação”, completou o comandante-geral.

Segurança

Homem mata filha, esfaqueia quatro pessoas da família e tenta suicídio em SC

A esposa de Claudinei recebeu uma medida protetiva de violência doméstica contra ele. No mesmo dia, os policiais acompanharam a mulher até a casa do casal, para ela buscar os pertences.

Mais notícias

Segurança

Filho é preso por simular o próprio sequestro para tirar dinheiro dos pais

Homem havia desaparecido após sair do trabalho na sexta-feira (09) e passou a pedir dinheiro para o pai pelo telefone

Brasil

Justiça nega habeas corpus à mãe e ao padastro do menino Henry Borel

Desembargador entendeu que prisão temporária deve ser mantida