keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Áreas de cultivo de moluscos são interditadas em Florianópolis

Quando consumida por seres humanos, a substância pode ocasionar náuseas, dores abdominais, vômitos e diarreia

Divulgação

As áreas de cultivo de moluscos foram interditadas na localidade de Barro Vermelho, em Florianópolis, devido à alta concentração da ficotoxina Ácido Okadaico. Está proibida a retirada e comercialização de ostras, mexilhões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia.

A interdição é necessária quando é detectada uma concentração de ficotoxina Ácido Okadaico acima dos limites permitidos nos cultivos de moluscos bivalves. Quando consumida por seres humanos, a substância pode ocasionar náuseas, dores abdominais, vômitos e diarreia.

A liberação para a comercialização somente ocorrerá após dois resultados consecutivos que demonstrem que os moluscos estão aptos para o consumo humano. As liberações podem ocorrer de forma separada para as diferentes espécies cultivadas.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Equipamentos operacionais permanecerão no Porto de Itajaí durante processo de desestatização

Garantia foi dada pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, durante reunião em Brasília

Geral

Menina de BC luta contra o tempo e precisa de R$100 mil para cirurgia

CONTRIBUA CLICANDO AQUI Uma menina de 11 anos, moradora de Balneário Camboriú, precisa de ajuda para arrecadar R$100 mil e poder levar uma vida normal. Geovana luta contra uma escoliose agressiva e dolorosa. O desvio […]

Geral

Atropelado em rally de velocidade, espectador será indenizado após amputação da perna

A recente decisão é do juízo da 2ª Vara Cível da comarca de Itajaí, na região do Vale do Itajaí

Geral

Escola de cães-guias de BC precisa de famílias socializadoras e doações

Instituto Hellen Keller completou 22 anos de atuação em Balneário Camboriú e já formou inúmeros cães-guias

Mais notícias

Segurança

Professor é preso com fotos e vídeos pornográficos de alunas

Há ainda outro inquérito policial instaurado para apurar o crime de assédio sexual supostamente praticado pelo professor