keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Após carreta com ácido sulfúrico tombar em Garuva, Defesa Civil recomenda que água de rio não seja usada

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorreu um vazamento do produto após o acidente

Foto: Prefeitura de Garuva/Divulgação

A Defesa Civil divulgou na tarde desta quarta-feira (16), uma recomendação para que os moradores de Garuva, no Norte do Estado, evitem qualquer contato ou consumo da água do rio. Pela manhã um caminhão que transportava uma carga de ácido sulfúrico tombou na BR-376. O acidente deixou uma vítima fatal.  

Por conta disso, a prefeitura iniciou rapidamente as análises para verificar se o ácido atingiu o Rio São João. Após o acidente, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorreu um vazamento do produto. A carga transportada, segundo a prefeitura, era o ONU 1832. A substância é corrosiva.

No local do acidente existe um córrego, que em 20 metros leva para o Rio da Santa e desemboca no Rio São João. Segundo a prefeitura, esse último rio passa pela cidade catarinense e não é utilizado para o abastecimento de água dos moradores, mas estava liberado para banho desde o final de janeiro

Antes desta liberação para os banhistas, o mesmo rio estava interditado após um outro acidente com derramamento de carga ser registrado no local “Somente nos últimos 10 anos de concessão, entre os km 664 e km 682 da BR-376, já tivemos 88 acidentes com derramamento que vão direto para o Rio São João”, informou a prefeitura por meio de nota

Equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Saneamento Ambiental estavam no local até as 11h e realizaram a coleta de água para verificação. A recomendação feita no fim da manhã é válida enquanto técnicos avaliam um vazamento de produto químico.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM

Segurança

Polícia Civil prende homem que estava foragido por tráfico de drogas em Tubarão

O homem foi preso ainda em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado

Mais notícias

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM