keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Anomalia na temperatura de superfície do mar pode estar influenciando a presença de Baleias Jubarte no litoral de SC

No início de maio foi observada uma anomalia positiva na temperatura de superfície do mar no litoral de Santa Catarina, associada a uma anomalia negativa na região oceânica.

X
Foto: João Vianna

As baleias jubarte (Megaptera novaeanglie) habitam a costa brasileira desde o Rio Grande do Sul até o Pará. Na época de reprodução, que vai de julho a novembro, elas migram dos mares antárticos em direção ao norte, em busca de águas mais quentes (Fonte: Projeto Baleia Jubarte: https://www.baleiajubarte.org.br). Isso ocorre porque os filhotes recém-nascidos ainda não acumularam gordura suficiente para resistirem às águas frias do oceano austral (Corkeron e Connor 1999).

Um dos principais fatores que influencia o movimento migratório das baleias Jubarte é a temperatura superficial do mar (Bartollo, et al., 2017). Segundo os autores, existe uma alta correlação entre a densidade de baleias em uma determinada região e a temperatura superficial da água, com picos de densidade em áreas onde as temperaturas se mantêm entre 24o e 25oC. No Brasil, a maior concentração delas está na região de Abrolhos, na Bahia.

No início de maio foi observada uma anomalia positiva na temperatura de superfície do mar no litoral de Santa Catarina, associada a uma anomalia negativa na região oceânica.

Esse fenômeno pode ajudar a explicar a presença das baleias jubartes tão próximas do litoral de Santa Catarina esse ano. Além disso, segundo o projeto Baleia Jubarte, o aumento da população também é responsável pela maior facilidade de avistamento dessas baleias em suas rotas migratórias no sul do Brasil.

O litoral de Santa Catarina é um corredor migratório para essas baleias, que normalmente rumam em direção ao Norte, um pouco mais afastadas da costa, diferentemente da baleia franca (Eubalaena australis), que costuma visitar as nossas praias com frequência.

Excepcionalmente, este ano as baleias jubarte podem ser observadas bem próximas à costa. Há algumas semanas um grupo vem sendo acompanhado na faixa leste da Ilha de Santa Catarina, entre a Ilha do Campeche e a praia do Moçambique. Elas podem ser facilmente avistadas da praia. É possível observar seus borrifos, seu dorso, suas caudas e, com um pouco de sorte e persistência, seus saltos.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Professores de ciências participam de encontro para troca de experiências

Uso de experimentos nas aulas de ciências constitui uma relevante ferramenta no processo de aprendizagem

Geral

Vetter inicia construção de novo empreendimento em Penha

Com arquitetura contemporânea, o Coral Gables insere a cidade no rol do mercado imobiliário de luxo com aposta em soluções inéditas

Geral

Vídeo: Motorista perde controle em rotatória e quase vai para dentro de lagoa

O acidente foi registrado por volta das 3h50min em uma rotatória da cidade de Penha

Geral

“Considero ele um monstro”, pai de serial killer se desculpa por mortes

Durante uma semana de fuga, o homem matou pelo menos quatro pessoas e baleou outras três, além de fazer reféns em chácaras

Mais notícias

Segurança

Assaltante morre em confronto com a PM e dois são presos em Bombinhas

Dois criminosos foram mortos no final da tarde desta quinta-feira (17), no bairro José Amândio, em Bombinhas. Segundo informações preliminares eles haviam praticado assaltos na região da Grande Florianópoli

Cidades

Violência contra o idoso dobra durante pandemia e continua crescendo

Alerta foi feito nesta quinta-feira (17) durante Roda de Conversa entre os vereadores de São José , representantes de entidades e do município