keyboard_backspace

Página Inicial

Turismo

Alargamento da faixa de areia de Balneário Camboriú custará R$ 66,8 milhões

X
Divulgação/Prefeitura de BC/Visor Notícias


O consórcio formado pelas empresas DTA, do Brasil, e Jan de Nul, da Bélgica, foi declarado vencedor da licitação para o alargamento da faixa de areia da praia Central de Balneário Camboriú. Os detalhes do processo licitatório foram divulgados na sexta-feira (25) pela Secretaria de Compras da Prefeitura de Balneário Camboriú. O valor da obra será de R$ 66,8 milhões, aproximadamente 20% a menos do que o valor estimado no projeto, que era de R$ 85 milhões.

A empresa Van Oord, da Holanda, ficou em segundo lugar na licitação, com lance de R$ 78 milhões. Já o consórcio Dragabras-Ster Engenharia apresentou proposta de R$ 78,2 milhões. Os três concorrentes apresentaram propostas após terem a habilitação reconsiderada pela Secretaria de Compras, inicialmente, nenhuma havia avançado.

A divulgação da vencedora ainda não garante o começo da obra. A partir de agora o processo deverá ser avaliado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), que suspendeu a assinatura do contrato até que os conselheiros deem o aval. Além dessa avaliação, a obra depende da liberação do licenciamento ambiental. O processo já está em avaliação no IMA (Instituto do Meio Ambiente).

Depois de liberada, a obra deverá ser concluída em até seis meses. O projeto prevê que a faixa de areia passe de 25 metros para 70 metros de extensão.

Fonte: Com informações da colunista Dagmara Spautz, da NSC

Turismo

Costa Verde & Mar ganha mais duas praias Bandeira Azul

Região turística é a que mais possui a certificação no Brasil

Turismo

Projeto de retomada do turismo é lançado pelo BC Convention

Movimenta BC vai oferecer vantagens a moradores e turistas

Turismo

Obras avançam e FG Big Wheel deve ser inaugurada em dezembro

Depois de quase dois meses do início da montagem, o aro está completo. São 18 peças que formam a parte principal da maior roda gigante estaiada da América Latina

Turismo

Lideranças discutem Selo Destino Seguro para turismo de Balneário Camboriú

Estabelecimentos ligados ao turismo precisarão cumprir uma série de requisitos

Mais notícias