keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Águas de Penha solicita autorização para construir uma estação de tratamento

Na correspondência encaminhada ao Executivo, a concessionária lembra que, nos fóruns competentes, estão sendo discutidas as obrigações das partes no contrato de concessão

X

A concessionária Águas de Penha acaba de protocolar, junto ao prefeito Aquiles Schneider da Costa, pedido de autorização para construir uma Estação de Tratamento de Água (ETA) como alternativa para ampliar o fornecimento de água nos períodos de alta temporada. Se aprovada, a ETA será construída no bairro Pedreiras e vai promover um incremento de 70 litros por segundo de água tratada à cidade, amenizando o risco de desabastecimento no verão. A previsão é de que a obra fique pronta em até 120 dias, a partir das autorizações e Termo Aditivo assinado para o começo dos trabalhos.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de Penha, destaca que a decisão de buscar soluções alternativas, ainda que por períodos específicos, atende aos questionamentos da Câmara de Vereadores, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), da Associação Empresarial de Penha (Acipen), da Associação de Moradores e Amigos da Praia Grande, Cascalho e Poá (AMAPG) e da própria Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Aris).

Na correspondência encaminhada ao Executivo, a concessionária lembra que, nos fóruns competentes, estão sendo discutidas as obrigações das partes no contrato de concessão. “Mas, até que tudo se resolva e sem abrir mão das discussões, é preciso atuar para minimizar as dificuldades da população, em especial, neste período de pandemia”, observa Reginalva Mureb.

O investimento previsto para a construção da ETA é de R$ 9 milhões. “A concessionária conta com a sensibilidade do prefeito para expedir, com a maior brevidade possível, as autorizações necessárias para início imediato na obra. A Águas de Penha busca colaborar na solução dos problemas de abastecimento no município, independentemente das demais discussões existentes”, finaliza.

 

Cidades

Defesa Civil emite alerta máximo para deslizamentos em Santa Catarina

Nas últimas 72 horas, foram observados acumulados acima dos 100 mm no Litoral e Vale do Itajaí. Destacam-se os municípios de Florianópolis, com 250 mm e Guabiruba, com 180 mm

Cidades

Mãe e filha que morreram soterradas são veladas em Florianópolis

Além das duas vítimas, o filho e irmão das mulheres também morava na casa, mas ele saiu da residência pouco antes do incidente

Cidades

Delizamentos de terra interdiram ruas e isolam comunidades em Rodeio

A prefeitura orienta os moradores que residem em áreas de risco a acionar a Defesa Civil de Rodeio

Cidades

Bebê nasce às margens da SC-401, em Florianópolis

Os policiais encontraram uma mulher no banco traseiro em trabalho de parto

Mais notícias