keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Águas de Camboriú consegue prorrogar manutenção da ETA para dia 6 de dezembro

X

A Águas de Camboriú conseguiu prorrogar a nova interrupção da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Emasa, que aconteceria amanhã (29), para a próxima quarta, 6 de dezembro. Após enviar um ofício à Emasa,  no início da manhã desta terça-feira, representantes da concessionária em Camboriú obtiveram retorno positivo para que a paralisação ocorra somente no final de semana.

A próxima interrupção acontecerá somente na quarta, dia 6, das 5h às 11h, com previsão de normalizar 100% do sistema na madrugada quinta, dia 7. O documento enviado à Emasa solicitava ainda que paralisações programadas que impactem o sistema de abastecimento de Camboriú seja realizada sempre com um intervalo mínimo de 30 dias e que as paradas não ultrapassem 2 horas de duração. “Além disso, sugerimos que as futuras programações sejam realizadas, preferencialmente, no domingo após o meio dia, período em que se observa menores picos de consumo e pressões mais baixas em Camboriú, gerando menor impacto para a recuperação natural do sistema de abastecimento de água”, observa.

 

Cidades

Vaquinha arrecada dinheiro para criança atropelada por moto em Camboriú

A família pede ajuda financeira e de materiais para o uso da menina

Cidades

VÍDEO: Caminhão carregado de cerveja perde o freio e tomba na descida do morro de Bombas

Fotos e vídeos mostram a carga de cerveja despejada na pista e muitos curiosos em volta

Cidades

Trabalhadores ficam feridos após caírem de aproximadamente 8 metros em Tijucas

Testemunhas afirmam que os trabalhadores estava com equipamentos de proteção individuais (EPIs)

Cidades

Pedágios caros inviabilizam concessão das rodovias federais catarinenses, diz governo federal

Planos de concessão para as rodovias BR 153, 470, 282 e 280 foram revogados, segundo o secretário Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, Marcello da Costa Vieira

Cidades

Pesquisa aponta Santa Catarina como destino seguro mesmo durante a pandemia

Entre os que avaliaram o Estado como totalmente seguro, 41% pretendem viajar ainda no segundo semestre de 2020

Mais notícias