keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Águas de Bombinhas retoma obras em Porto Belo

O novo sistema de abastecimento irá transformar a realidade da região e resolver os problemas de abastecimento de Bombinhas

As obras que tornarão o sistema de abastecimento de Bombinhas 100% independente foram retomadas com força total, na região de Porto Belo. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (19) pela prefeitura municipal. A concessionária Águas de Bombinhas atendeu às solicitações da comunidade e, em parceria com o poder público, fez as adequações no projeto.

O novo sistema é um dos mais aguardados do Estado e vai resolver o problema histórico de falta d’água em Bombinhas. Atualmente, a cidade conta com um sistema de abastecimento insuficiente para atender a demanda da cidade, mesmo fora da temporada, fazendo com que aproximadamente 85% da água que abastece o município tenha que ser importada do município vizinho de Porto Belo.

Conforme o diretor presidente da empresa, Ricardo Miranda, a obra deve acontecer em tempo recorde e vai transformar para sempre a realidade da região. “Ouvimos os pedidos da comunidade e agora as equipes retornam com todo o empenho para Porto Belo. Estamos comprometidos em resolver este problema crônico e histórico de abastecimento”, completa.

Ao todo, serão investidos mais de R$ 45 milhões em prazo recorde de implantação – apenas quatro meses. O novo sistema de água tratada de Bombinhas terá a captação no Rio Tijucas, onde uma nova adutora levará água bruta até o município para a Estação de Tratamento de Água (ETA).

Ao todo, serão 27 quilômetros de tubulação e todo o projeto vem sendo desenvolvido para causar o menor impacto ambiental e social possível. O trajeto da adutora segue, na maior parte, por áreas rurais e com menor intervenção nas áreas mais urbanizadas. A previsão é que a obra fique pronta até o final do verão.

Cidades

Defesa Civil emite alerta máximo para deslizamentos em Santa Catarina

Nas últimas 72 horas, foram observados acumulados acima dos 100 mm no Litoral e Vale do Itajaí. Destacam-se os municípios de Florianópolis, com 250 mm e Guabiruba, com 180 mm

Cidades

Mãe e filha que morreram soterradas são veladas em Florianópolis

Além das duas vítimas, o filho e irmão das mulheres também morava na casa, mas ele saiu da residência pouco antes do incidente

Cidades

Delizamentos de terra interdiram ruas e isolam comunidades em Rodeio

A prefeitura orienta os moradores que residem em áreas de risco a acionar a Defesa Civil de Rodeio

Cidades

Bebê nasce às margens da SC-401, em Florianópolis

Os policiais encontraram uma mulher no banco traseiro em trabalho de parto

Mais notícias