keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Águas de Bombinhas realiza apresentação do projeto de captação de água no rio Tijucas

A obra, que já iniciou, transforma o cenário da região e torna Bombinhas 100% independente em recursos hídricos. O projeto traz benefícios também para Porto Belo e Itapema

X

Com um investimento de 45 milhões de reais, a concessionária Águas de Bombinhas apresentou os detalhes do novo sistema de captação e abastecimento de água – projeto que transforma para sempre o cenário hídrico da cidade, tornando o município 100% independente. Esses e outros detalhes foram esclarecidos pela empresa durante uma audiência pública realizada na escola municipal Maria Rita Flor, na noite de sexta-feira (29).

Além de moradores, representantes de Porto Belo, Tijucas  e prefeitura de Bombinhas, a reunião também contou com a presença do membro do ministério público federal Darlan Airton Dias. O projeto conta com 27 quilômetros de adutora que cruzam as cidades de Tijucas e Porto Belo, até chegar em Bombinhas. A captação da água ocorrerá no Rio Tijucas, no interior do município. As obras já iniciaram e a empresa pretende concluir o sistema em tempo recorde – até fevereiro de 2018.

Durante a noite a prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva, iniciou fazendo um resumo dos pontos positivos da última temporada de verão. De acordo com ela, uma das conquistas do município foi a solução para o problema de vazamento de esgoto na praia. “Conseguimos resolver um problema crônico mas, apesar disso, tivemos uma situação crítica com o abastecimento”, comenta. Devido a isto, prefeitura e concessionária chegaram ao acordo de antecipar as obras do novo sistema de abastecimento.

O presidente da empresa, Ricardo Miranda, esclareceu que esta é a melhor solução, quando se pensa no planejamento a médio e longo prazo. Itapema, Bombinhas e Porto Belo são dependentes do Rio Perequê, um manancial que já não é suficiente para atender a população das cidades. “É uma grande obra que com certeza trará mudanças para a região e vai impactar de forma positiva todos os municípios envolvidos”, completa.

Ainda de acordo com ele, as cidades vizinhas também sentirão os benefícios da obra, já que atualmente precisam compartilhar a captação e abastecimento. “Depois de concluído, o projeto trará vantagens para os três municípios envolvidos, trazendo maior segurança no abastecimento e contribuindo para o desenvolvimento econômico”.

 

Alguns moradores levantaram questões sobre o trajeto da obra, principalmente no que se refere à orla da praia de Porto Belo. A diretora executiva Thais Gallina explica que a execução na praia é relativamente simples. A escavação será realizada de forma manual, próxima da rua e a tubulação será enterrada a pelo menos 1,5 metros de profundidade. “Como forma de compensação neste trecho, a empresa também fará uma revitalização da orla com paisagismo, valorizando ainda mais a região”, completa.

Já o procurador Darlan esclareceu que, após algumas entidades de Porto Belo procurarem o Ministério Público, ele solicitou algumas informações sobre o projeto. Porém, todas as licenças e documentações estão corretas, por isso a obra não foi interrompida e continua em ritmo normal. “Analisando toda a documentação não vimos razão para paralisar a obra. Sobre o fluxo de água que será captado e o consumo, percebemos que esta vazão não irá afetar o rio, podendo até mesmo ficar disponível para outras cidades no futuro”, explica.

Confira alguns detalhes do novo sistema:

·         Vinte e sete quilômetros de adutora – o trajeto passa por locais com menor quantidade possível de população, priorizando áreas afastadas.

·         Nova Estação de Tratamento de Água (ETA): será feita através de módulos. A princípio serão construídos dois módulos com capacidade de tratamento de 70l/s cada um. Posteriormente será construído um terceiro módulo, tornando a ETA completa. A capacidade total de abastecimento será de 240l/s.

·         Prazos: as obras já iniciaram e o prazo de conclusão é de fevereiro de 2018

·         Adutora feita de ferro fundido, com 500 mm. Este é o material mais resistente utilizado atualmente.

·         A ETA contará com gerador de energia. Portanto, caso ocorra queda de luz, ela terá autonomia para continuar funcionando.

·         Oficina Lítica: o trajeto da adutora vai contornar a região, a tubulação será enterrada na areia. A área será preservada e preparada para visitação de moradores e turistas.

·         A captação autorizada no Rio Tijucas é de 2% da vazão outorgável. Ou seja, a captação é a mínima possível e não irá afetar o fluxo ou quantidade de água do rio.

Cidades

Câmara de Itapema comemora os 59 anos da cidade

Os últimos 10 anos na Câmara de Itapema tem sido de modernização. Investimento na estrutura física, mas principalmente em novas tecnologias

Cidades

Idoso de 64 anos serão vacinados a partir de quinta-feira (22) em Navegantes

A aplicação das vacinas acontece, como de costume, no drive-thru do Fort Atacadista, localizado na Av. Nereu Liberato Nunes, 579, no Centro, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30

Cidades

Porto Belo passa a apoiar Rede Feminina de Combate ao Câncer de Itapema

Em 2020, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Itapema realizou 56 exames de mamografia digital em mulheres moradoras de Porto Belo

Cidades

Governadora e setor empresarial se unem por avanços para SC no Plano Nacional de Logística 2035

Governadora ressaltou que pretende se reunir novamente com o ministro da Infraestrutura neste mês

Cidades

Frigorífico da Grande Florianópolis aproveitava carnes vencidas em produtos processados e embutidos

A Polícia Civil de Biguaçu, na Grande Florianópolis, abriu inquérito para investigar um frigorífico que utilizava carnes vencidas em alimentos processados. O estabelecimento foi fiscalizado e autuado pela Vigilância Sanitária da cidade em uma ação […]

Mais notícias

Coronavírus

Justiça considera morte por Covid-19 acidente de trabalho

Família de motorista de Minas Gerais receberá indenização por danos morais e materiais

Geral

Porto Belo passa a apoiar Rede Feminina de Combate ao Câncer de Itapema

O prefeito Emerson Stein destaca a gratidão pelo apoio que a Rede Feminina tem dado à Porto Belo nos últimos anos