keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Agentes de SC finalizam capacitação em inteligência penitenciária

A secretária de Estado da Justiça e Cidadania (SJC), Ada Faraco De Luca, participou na manhã desta quarta-feira, 1, do encerramento do 9º Curso Básico de Inteligência Penitenciária realizado no auditório do Departamento de Administração Prisional (Deap), em Palhoça. “É mais um resultado de nossa profícua política de gestão administrativa implantada desde 2011, quando assumimos a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania com foco na capacitação e no aperfeiçoamento de servidores, agentes e técnicos”, ressaltou Ada De Luca.

Além de agentes penitenciários de Santa Catarina, também participaram do curso profissionais de Inteligência do Sistema Penitenciário de Alagoas, Ministério Público (MP/SC) e Polícia Rodoviária Federal (PRF/SC). “Essa integração proporciona o fortalecimento da atividade de inteligência penitenciária de Santa Catarina com outras instituições”, complementou a secretária.

O 9º Curso Básico de Inteligência Penitenciária, com um total de 22 alunos e 75 horas/aula, foi promovido pela Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc/SC), em parceria com a Diretoria de Inteligência e Informação (DINF/SC), vinculadas à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC/SC).

Participaram da cerimônia o diretor de Inteligência e Informação (DINF-SC), Marcos Aurélio Mafra; o gerente judiciário Elison Ivan Soares, representando o Deap; o gerente de Ensino da Acadejuc, Klaus Silva; representando a Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc); e a assessora de gabinete Jordana Latife Daniel. Ainda estavam presentes Luciano Leon do Carmo, chefe do Núcleo de Inteligência da PRF; e o tenente-coronel Adilson Luiz da Silva, chefe da Contra Inteligência da Coordenadoria de Inteligência e Segurança Institucional do Ministério Público de Santa Catarina.

Segurança

Barbeiro desaparecido em Joinville teria fugido por conta de dívida com agiota

O morador de Joinville estava desaparecido desde a última terça-feira (13)

Segurança

Casal é condenado por matar três filhos recém-nascidos no Paraná

A mulher foi condenada a 63 anos e 8 meses de prisão e o homem a 48 anos e 4 meses, pois foi absolvido do primeiro homicídio

Segurança

Adolescente menor de 15 anos leva tiro no rosto durante briga em bar de Balneário Camboriú

O primo da vítima levou o jovem até o hospital Ruth Cardoso e o deixou na unidade de saúde

Segurança

Médica filha de prefeito está desaparecida há três dias

Policia Civil revela que caso é extremamente delicado

Mais notícias