keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Aeroportos de SC têm aumento de 87% na movimentação internacional de passageiros

Primeiros meses de 2024 registram crescimento expressivo no fluxo de passageiros e cargas

50811930227 59050b62f8 c Visor Notícias
Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Os aeroportos de Santa Catarina exibiram um aumento significativo na movimentação de passageiros internacionais nos primeiros quatro meses de 2024. Segundo a Gerência de Aeroportos, ligada à Secretaria de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), e com dados fornecidos pela Agência Nacional de Aviação (Anac), o estado viu um crescimento de 87,5% no tráfego de passageiros em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando um total de 358,3 mil viajantes.

O número de aeronaves que operaram voos internacionais também cresceu, registrando um aumento de 88,6% entre janeiro e abril deste ano, totalizando 2.556 operações. Este incremento segue uma tendência de expansão nas relações internacionais, impulsionada por novas parcerias com países como o Panamá, destacadas em declaração do governador Jorginho Mello sobre negociações recentes com a Copa Airlines para voos diretos para a Cidade do Panamá.

Além dos passageiros, o fluxo de cargas internacionais também viu um crescimento de 20,7%, movimentando 1,3 mil toneladas de cargas pelo Aeroporto de Florianópolis, que lidera o ranking em número de passageiros, seguido pelo Aeroporto de Navegantes. Esses resultados refletem o potencial de Santa Catarina como hub estratégico no cenário da aviação internacional.

Movimentação de cargas e passageiros domésticos em SC

A movimentação de cargas domésticas apresentou um crescimento de 6% no primeiro quadrimestre de 2024, totalizando 4 mil toneladas. Os aeroportos de Navegantes e Florianópolis lideraram esse aumento, com respectivamente 1,7 mil toneladas e 1,6 mil toneladas de cargas movimentadas.

Contrastando com o crescimento no transporte de cargas, a movimentação de passageiros domésticos apresentou uma redução de 1,8% no mesmo período, comparado ao ano anterior. O Aeroporto de Joinville, no entanto, foi uma exceção, registrando um aumento significativo de 18,7% na quantidade de passageiros domésticos.

O Aeroporto de Florianópolis liderou o ranking de movimentação de passageiros domésticos, com um fluxo de 1,1 milhão de viajantes. Seguido por Navegantes, com 718,4 mil, Chapecó com 191,3 mil, Joinville com 158,3 mil, Jaguaruna com 38 mil e Correia Pinto com 6,5 mil.

*Supervisionado por Everton Palaoro

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: NSC

Sobre o autor:
Emanuele
Emanuele Azevedo
Atua como assistente na redação do Visor Notícias.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Economia

Governo de SC investe R$ 7,5 milhões em revitalização de aeroporto

Reformas incluem melhorias na pista, sinalização e construção de terminal de passageiros

Economia

Porto Belo adere ao programa Acerta SC para reduzir inadimplência

Programa visa facilitar a regularização de dívidas e diminuir ações fiscais

Economia

Setor atacadista cresce de 5,7% e aposta em inteligência artificial para vender mais

A IA é vista como uma oportunidade de modernizar as operações, melhorar a eficiência e personalizar a oferta de produtos

Economia

Itajaí fatura R$610 milhões por ano com setor náutico

A cidade, reconhecida como o berço da náutica no Brasil, se destaca no mercado mundial

Mais notícias

Segurança

Homem é preso por ameaçar juízes e promotores em SC

Ação foi coordenada pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú

Educação

Reunião pública discute a volta das Escolas Cívico-Militares em Itapema

Projeto de lei do Executivo tramita no Legislativo e deve ser votado nas próximas sessões