keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Aeronaves de Bombeiros e Samu terão aparelhos de ultrassom portátil

A equipe do Samu, composta por 17 médicos que atuam nas aeronaves, será treinada para começar a operar os aparelhos de ultrassom, já neste sábado, 24/02, entre 8h e 18h, no quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Balneário Camboriú.

A partir da próxima semana Santa Catarina vai contar com mais um aliado para salvar a vida de pessoas acidentadas ou vítimas de traumas. É o equipamento de ultrassom portátil, que será disponibilizado para uso dos médicos nas aeronaves Arcanjo 01, sediado em Florianópolis e Arcanjo 03, com base em Blumenau.

As aeronaves, frutos da estreita parceria entre o Corpo de Bombeiros Militar e o SAMU, atuam em casos graves, em que as vítimas precisam de intervenção médica e transporte rápido até uma unidade hospitalar. Nesse caso, os diagnósticos de lesões internas auxiliam na rápida intervenção médica já no local do acidente. Outro benefício é que ao chegar no hospital a equipe de suporte médico já vai ter um diagnóstico mais preciso da condição do paciente, agilizando algum  procedimento cirúrgico que seja necessário. Por isso, os equipamentos de ultrassom podem fazer a diferença na manutenção da vida, estabilização e recuperação dos pacientes.

Com a operacionalização dos equipamentos de ultrassonografia, prevista já para a próxima segunda-feira 26/2, Santa Catarina torna-se o único estado Brasileiro a utilizar este tipo de aparelho numa unidade aeromédica, para diagnóstico das vítimas de traumas, no local dos acidentes.

A equipe do Samu, composta por 17 médicos que atuam nas aeronaves, será treinada para começar a operar os aparelhos de ultrassom, já neste sábado, 24/02, entre 8h e 18h, no quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Balneário Camboriú.

O treinamento terá certificação pela Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Trauma- SBAIT.

Os equipamentos foram adquiridos por meio de recursos junto ao poder Judiciário. Com investimentos de 31 mil Reais na compra dos equipamentos e de cerca de 16 mil Reais no treinamento da equipe médica, os investimentos totalizaram 47 mil Reais.

O aparelho de ultrassonografia usa a emissão de ondas em determinadas frequências que permitem aos médicos a visualização de órgãos e de estruturas internas do corpo humano. Ele será aplicado nas cenas de emergência para diagnosticar gravidade de hemorragias internas e lesões cardíacas ou órgãos. Também servirá aos médicos para facilitar o acesso venoso de pacientes que precisam de medicação intravenosa, ou em gestantes vítimas de traumas para diagnosticar o estado do bebê.

Geral

Caminhões não podem entrar em Porto Belo pela via principal

O Governo do Município de Porto Belo através do Decreto Nº 2.701, delimita o acesso de caminhões de grande porte ao Município. Considerando que o acesso principal do Município, pela Avenida Governador Celso Ramos através […]

Geral

SC contrata os primeiros 20 leitos de UTI na rede privada

Os leitos ficam em um hospital de Florianópolis. Eles vão receber pacientes do Sistema Único de Saúde encaminhados pela Secretaria de Estado da Saúde

Geral

VÍDEO: Cobra caninana de quase 2 metros é encontrada no quintal de residência em SC

Cobra tenta subir pela parede para fugir, mas é capturada por biólogo

Geral

Casal esquece de pagar bilhete de loteria e perde R$ 1,4 bilhão em sorteio

A notícia de que o pagamento do bilhete não havia sido gerado foi certificada pela própria loteria

Geral

Família catarinense pede ajuda para cirurgia em menino de 10 anos que pesa quase 200kg

Mesmo seguindo dietas recomendadas e tentando um tratamento com medicação, a mãe conta que o peso do filho segue aumentando

Mais notícias

Segurança

Caminhoneiro bate em motocicleta e dirige com moto grudada no para-choque e motociclista agarrado na porta

O caminhão teria passado por cima da mulher e a moto ficou presa na frente da carreta

Brasil

Piloto é encontrado vivo quase 40 dias depois de desaparecer com avião

O monomotor teria decolado no dia 28 de janeiro da cidade de Alenquer, no Oeste do Pará, com destino a um garimpo