keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Acusado de matar mulher de Itapema com 11 facadas em SP vai a júri popular

Família de Itapema viaja para São Paulo onde vai acompanhar o julgamento

X
Foto: Divulgação

Depois de três anos de muita dor e angústia, uma família de Itapema aguarda com expectativa o julgamento do homem acusado de matar Rosenilda Taborda do Calmo, de 38 anos, com 11 facadas, na cidade de Salto, em São Paulo. O crime ocorreu no da 25 de dezembro de 2018. A vítima foi esfaqueada enquanto segurava o filho de seis meses do casal. Na época, o filho dela, que tinha 9 anos, presenciou a mãe ser morta pelo padrasto.

O júri popular de José Sivaldo, conhecido como Chumbinha, será na quinta-feira (5), em Salto (SP). Para o julgamento, a mãe da vítima, Tereza Taborda do Calmo, que mora no bairro Morretes com as outras filhas,  já viajou para a cidade com o neto, o qual será testemunha no júri.

A esperança da família, segundo antecipa Elisangela Taborda, é que o acusado pegue pena máxima pelo feminicídio. “Eles tinham uma relação conturbada. Tinha muito ciúmes e chegaram a ficar separado alguns meses, mas, por causa de ameaças, de que mataria ela e o bebê, minha irmã acabou voltando para ele. Sentimos muito a falta dela e queremos que a Justiça seja feita em nome da minha irmã e dos meus sobrinhos que ficaram sem a mãe”, comenta.

Foto: Divulgação

O dia do crime

Rosenilda Taborda do Calmo, tentava reatar o relacionamento com José Sivaldo. Um dia antes do crime, na véspera de Natal, no dia 24 de dezembro de 2018, eles aproveitaram a noite ao lado de amigos e confraternizaram juntos. Mas, uma vizinha, relata que um dia depois escutou pedidos de socorro e gritos da vítima, que implorava para o homem não agredi-lá.

Com o filho de seis meses na época nos braços, Rosenilda foi morta com 11 facadas. Após matar a esposa, José saiu tranquilamente da casa e foi caminhando pela rua, como se nada tivesse ocorrido. As ultimas palavras dela para uma vizinha que chegou minutos após o crime, foi que cuidasse do bebê. Hoje, a criança já tem três anos e junto com os outros irmãos ficou sob cuidados da avô e das tias no bairro Morretes. José está preso desde 2019 e na próxima quinta-feira (5), acontece o julgamento.

Fonte: Brunela Maria/Visor Notícias

Segurança

Servidores são flagrados transando em carro da prefeitura durante expediente

Denúncia será investigada e um processo administrativo vai ser aberto para apurar o fato

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

Segurança

Jovem de 24 anos morre após bater moto em carro na BR-282

Vítima pilotava uma Honda/Biz e morreu no local do acidente.

Segurança

Motorista perde controle, bate em muro e duas pessoas morrem em SC

Outras duas pessoas foram resgatadas com ferimentos

Segurança

Criança brinca de ‘Bumba meu Boi’ e acaba com panela de pressão presa na cabeça

Utensílio só foi retirado quando o bebê dormiu, depois de ser medicado.

Mais notícias

Famosos

Influencer Virgínia Fonseca anuncia pausa nas redes sociais após morte do pai

Influenciadora contou que está bastante abalada pela perda de Mário Serrão, de 72 anos

Tempo

Chuva de granizo é registrada na Serra em Santa Catarina

Neste domingo (19), moradores de Lages, na Serra Catarinense, registraram chuva de granizo. O fato ocorreu no bairro Sagrado Coração Jesus. A moradora Ieda Barroso, relatou que a chuva intensa foi de cerca de 15 […]