keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Acusado de matar barões do tráfico do PCC é preso em cobertura de luxo em SC

Homem que foi morto chegou a controlar o tráfico de drogas no Paraguai

X
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Um dos homens apontados como responsável pelo assassinato de líderes de uma facção criminosa, no Ceará, em 2018, foi preso durante a tarde de quinta-feira (11), pela Polícia Federal. Natural de São Paulo, o elemento portava documentos falsos e vivia na capital, no bairro Coqueiros, onde foi preso na cobertura de um condomínio de alto padrão.

O acusado, que tem 37 anos e não teve seu nome revelado, é apontado como um dos mentores do assassinato de duas lideranças de uma facção, denominados Rogério Geremias de Simone, conhecido como Gegê do Mangue, e de Fabiano Alves de Souza, conhecido como Paca.

Eles foram mortos em 15 de fevereiro de 2018, na cidade de Aquiraz (CE), em um episódio de repercussão nacional depois de uma ação que envolveu até um helicóptero. A Justiça do Ceará expediu um mandado de prisão preventiva em 2018 e, desde então, o suspeito estava na condição de foragido. O indivíduo, então denunciado pelos crimes de homicídio e organização criminosa, finalmente foi preso na capital catarinense.

Não há informações de quanto tempo, exatamente, o suspeito reside na capital. Agentes da Polícia Federal, munidos de informações sobre o paradeiro do foragido, passaram a acompanhar a rotina para concluir, confirmar e finalmente cumprir o mandado de prisão na tarde desta quinta-feira. Foram apreendidos ainda quatro aparelhos celulares e um veículo, um Toyotta Corolla.

O indivíduo, que não ofereceu resistência, foi encaminhado a uma unidade prisional da Grande Florianópolis onde já está a disposição da Justiça do Ceará, junto a Comarca de Aquiraz.

O crime

Um dos chefes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, foi encontrado morto na tarde de uma sexta-feira, em 16 de fevereiro de 2018, em Aquiraz, na região Metropolitana de Fortaleza.

Além dele também foi encontrado morto o Fabiano Alves de Souza, conhecido como o Paca. Os dois eram foragidos da Justiça de São Paulo e líderes da facção criminosa

Rogério Jeremias de Simone foi conhecido pelo Ministério Público de São Paulo um dos principais números na escala de chefia do PCC. Ele chegou a controlar o tráfico de drogas no Paraguai em nome da facção. Em abril de 2017 Gegê foi condenado a 47 anos, 7 meses e 15 dias de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha armada.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Bombeiros encontram corpo do jovem que salvou crianças e morreu afogado no Norte de SC

O jovem havia desaparecido nas águas, após resgatar duas crianças de 9 e 12 anos, que se afogavam no local. O Corpo foi recolhido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

Segurança

O que motivou o assassinato da jovem encontrada enterrada na praia em SC

Antes de ser assassinada, ela teve ainda que cavar a própria cova

Segurança

Mãe que abandonou bebê em geladeira é presa pela Polícia Militar

Suposta mãe da criança entregou um embrulho para vizinha, há um ano atrás, dizendo que era um pedaço de carne

Mais notícias

Segurança

Bombeiros encontram corpo do jovem que salvou crianças e morreu afogado no Norte de SC

O jovem havia desaparecido nas águas, após resgatar duas crianças de 9 e 12 anos, que se afogavam no local. O Corpo foi recolhido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

Animal

Vídeo: Cobra com sede acaba presa em lata de cerveja

O animal, de cerca de um metro e meio, foi flagrado pelos moradores, depois que ouviram um barulho estranho na cozinha.

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup