Navegantes

Comunidade de Navegantes escolherá curso técnico para nova escola estadual

A comunidade do Bairro Gravatá, em Navegantes, decidirá qual curso será oferecido pela nova escola estadual, na modalidade Ensino Médio Integrado à Educação Profissional. O assunto foi tratado nesta terça-feira, 26, pelo secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, em Florianópolis, com a gerente regional da Educação, Cleonice Berejuk, a secretária municipal de Educação, Regina Célia Correia; o presidente da Câmara de Vereadores, Samuel Paganelli; e demais autoridades.

A pesquisa com famílias e estudantes que moram no bairro será feita pelas autoridades do município e será apresentada à Gered ainda nesta semana. “O objetivo é oferecer o curso desde o primeiro ano do ensino médio para formar técnicos capazes de ingressar no mercado de trabalho, assim que concluírem os estudos. A comunidade escolherá o que corresponde com a vocação da região, na área com mais oportunidades de trabalho”, observa a gerente regional, ressaltando que a modalidade e o curso ainda devem ser enviados para apreciação do Conselho Estadual de Educação.

A nova escola estadual do Bairro Gravatá, EEB Daniela Pereira, está em fase final da obra e abrirá as primeiras turmas no ano letivo de 2018. Com capacidade para atender até 1,5 mil alunos, oferecerá o ensino médio regular e a opção para educação profissional. A escolha dependerá do aluno no ato da matrícula. O Governo do Estado investe mais de R$ 8 milhões na construção da unidade de ensino, uma das maiores em espaço físico de SC, que conta com ginásio de esportes, auditório para eventos, biblioteca, cozinha e refeitório, arena cultural, laboratórios, entre outros ambientes.

A gerente explica que os estudantes da Educação Profissional têm aulas três vezes por semana, no contraturno, como já ocorre em outra escola de Navegantes, a EEB Adelaide Konder, no Bairro Gravatá, com o curso técnico em Segurança do Trabalho, ministrado com apoio do Corpo de Bombeiros.